11 de dezembro de 2017

Minimamente invasivos: que procedimentos são esses?

Minimamente invasivos são procedimentos que não precisam de incisão.

 

Laser, botox, sutura silhouette, preenchimentos cutâneos são alguns exemplos de procedimentos minimamente invasivos praticados na cirurgia plástica. Geralmente, eles apresentam resultados mais rápidos e os pacientes que optam por esse tipo de solução retomam suas atividades rotineiras em pouco tempo.

Por não demandar incisões, os minimamente invasivos não formam cicatrizes e, os que formam, são quase invisíveis por serem puntiformes. Além disso, a sessão dura poucos minutos. “Os resultados são imediatos, mas possuem ‘data de validade’. Por exemplo, uma aplicação de botox dura em média meia hora em nosso consultório e tem a durabilidade de 2 anos”, explica o doutor Lourival Cezar, responsável técnico do Instituto de Cirurgia Plástica de Alagoas.

Tratamentos Preventivos

Alguns desses procedimentos possuem a função de tratamento preventivo, como laser nos casos de calvície e envelhecimento facial. “Embora atue como paliativo, a prescrição deve ser feita por nós, cirurgiões plásticos e membros da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, após uma avaliação”, explica o doutor Cezar. Outra vantagem é que o custo, em relação a procedimentos cirúrgicos convencionais, é mais baixo.

Cuidados Adicionais

Mesmo sendo um procedimento tido como simples, pode gerar algumas complicações. Por isso, é importante ressaltar que o histórico de alergias deve ser mencionado na consulta. Pergunte sobre o  preparo médico, técnicas e tecnologias abordadas na aplicação.

Em busca do bem-estar e satisfação estética, muitas pessoas recorrem a esses procedimentos e o doutor Cezar alerta que serviços de anamnese, prescrição de tratamento, qualquer aplicação ou intervenção no corpo humano deve ser realizada por médicos, fugindo à competência de outros profissionais. “Ainda que os procedimentos tenham fins estéticos, não cirúrgico, só realize-os com médicos especialistas”, concluiu ele.

11 de dezembro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *